HOME SOBRE CONTATO ANUNCIE

Todos juntos somos fortes!

21.8.12

Por Edna Souza

 

Algumas crianças, pelos mais diversos motivos, não conseguem acompanhar o desenvolvimento da turma. ficam para trás, e, às vezes, permanecem lá atrás por toda a vida.

O educador perspicaz, inconformado em alfabetizar apenas setenta por cento da turma, busca estratégias para mudar o quadro.

Em algumas situações é necessária uma mudança radical em sua postura. Para estes professores o GEEMPA é uma ótima alternativa. Eu, particularmente, já estou, há três semanas, trabalhando sob a perspectiva geempiana conforme declarei anteriormente. Encanta-me a proposta, sobretudo, pela valorização do aluno e de seu envolvimento com o grupo áulico a que pertence como aspectos relevantes para a construção das aprendizagens.

A professora Esther Grossi apresenta em um dos cadernos de atividades do GEEMPA (Todos juntos somos fortes) alguns princípios que devem ser observados pelos professores que desejam imprimir uma nova maneira de estar em aula, visando a aprendizagem efetiva de toda a turma.

O caderno, inicialmente, traz a história do “Elefantinho no poço” e os pressupostos que este contexto semântico abarca. Ele “é recomendado para que seja o primeiro do ano letivo, pela rica mensagem desta singela história de um elefante. Nela, o elefante só consegue sair do poço em que caiu quando se associou, ao concurso de vários animais, a contribuição, tida como insignificante, de um ratinho.

A riqueza desta mensagem representa bem a importância do trabalho em grupo na sala de aula, como uma essencialidade para as aprendizagens de todos...” trouxe este trecho da fala da professora Esther por considerar que resume bem a preponderância de se trabalhar em equipe. Para maiores esclarecimentos sugiro a leitura de todo o caderno. A propósito, digitalizei toda a obra e disponibilizo  no meu blog. Os colegas alfabetizadores podem encontrar o livro no link http://www.cantinhodaedna.com/2012/07/o-elefantinho-no-poco-o-livro.html no blog também postei algumas atividades pertinentes. No próximo texto irei falar um pouco sobre a importância dos contextos semânticos. Um abraço, Edna.

001

2 comentários:

  1. È estou com problemas om meu sobrinho de 6 anos que pela nova lei tem que ir já pra primeira serie mais ele só quer saber de brincar igual fazia na creche ele esta super atrasado é mto dificil!!
    Adorei o Post Bjinhooos

    http://annabeatrizrafaela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. ESTOU AMANDO A EXPERIÊNCIA DE PARTICIPAR DO SEU BLOG, AMIGA! OBRIGADA PELO ESPAÇO. TENHA UM FIM DE SEMANA ABENÇOADO... E CHEINHO DE BEIJOCAS DO MATHEUS - ESSE FOFO!

    ResponderExcluir

© Odisséia Materna / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design
Tecnologia do Blogger.