HOME SOBRE CONTATO ANUNCIE

Um ano de relactação e muito amor

26.12.12

 

Já contei que faço relactação e falei em outros blogs sobre isso. apesar de ser um assunto repetido, acho importante pois tem muita gente que nunca ouviu falar.

Hoje o Matheus faz 3 mamadas ao dias, sempre com a sondinha, senão não pega no peito. E já tentei muito, não adianta…

Lembro como se fosse ontem quando iniciei esta trajetória que achei que seria apenas por algumas semanas. E já dura um ano.

O Matheus chorava e chorava e nada de querer pegar no peito e eu tava em desespero, não queria dar mamadeira. Tentava tudo e nada dava certo. E só ouvia de todos “é fome”…Eu achava que não tinha leite, perdi a fé em mim e passei a dar LA (tentei copo e mamadeira).

Ai na internet descobri a relactação que me ajudou a manter este vinculo, porém acabei ficando dependente. Eu quase consegui tirar mas ele ficou doentinho, com gripe e zerou tudo.

DSC03117

No inicio não foi fácil, pois ele sacudia a cabeça, teve vezes que a mamadeira caiu e derramou leite, teve vezes que gritei frustrada.

Mas não desisti. Lutei para manter ele no peito. Pelo menos um pouco do meu leite ele sempre mamou.

Eu deixei de dormir mais tempo (pois a cada três horas ele mamava) para estar pronta para nosso momento de mamada e no inverno teria sido mais fácil dar a mamadeira porque o pai podia dar, mas considero como uma tarefa minha e não troco por nada.

Mas não há um dia que eu não me lembre dos erros cometidos e tenha vontade de voltar no tempo e fazer tudo diferente. Ah se eu soubesse naquela época o que sei agora…tudo poderia ter sido diferente.

Como eu já contei, o Matheus depois das mamadas beija a “teta” e vive também baixando minha blusa, paguei um topless em Gramado. #vidademãe

Agradeço muito a Deus por ter tido forças para persistir e olha que ouvi várias opiniões contra, inclusive de pediatra e da família (ainda ouço).

Tenho o apoio de uma querida amiga a Rosane Baldissera do Mamãe bebê- Consultoria em Amamentação, que é especialista em amamentação e indico pra vocês. Queria ter conhecido ela antes dos meus erros…

Eu tento apoiar outras mães com dificuldades na amamentação pois sei como faz falta este apoio. Algumas vezes faz a diferença.

A culpa me perseguirá pra sempre, e já chorei muito pensando no que podia ter feito diferente, mas o passado não pode ser mudado.

Percebo que algumas mães não se interessam por amamentar e não entendo, pois eu acho tão gostoso. 

Tive dor, meu peito rachou, ficava sem blusa por causa da sensibilidade, meu peito sangrou, o Matheus já me deu mordidas (tem oito dentes), meu peito não é mais o mesmo (abafa), mas valeu a pena!

E uma fotinho de ontem a noite e logo após ele dormiu (ama dormir mamando). Por ele vou continuar até que não queira mais pois nós dois amamos este momento que é só nosso.

Espero que 2013 seja um ano de muita amamentação – mesmo com a sondinha- e muito leite para todas vocês!!!

E minha dica para quem tá com dificuldades: não desista, vai valer a pena seu esforço e pode contar comigo!

10 comentários:

  1. Parabéns por ser representante de algo lindo que merece acontecer e que é possível! Bjus. coisas-da-lara.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Superação... Com certeza é uma guerreira... Amei o post. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  3. É isso aí!!! Isso é exemplo de luta, de buscar o que realmente se quer!! Seu filho tem uma mãezona!!!
    Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu adorei essa sua matéria, só fiquei sabendo desse assunto por sua causa!
    amei!

    ResponderExcluir
  5. Lindo post! Já te falei q é uma guerreira, pq não desiste e sempre enfrenta os desafios, eu tb amo amamentar e até os dois aninhos do Joseph vamos lá! bjss

    ResponderExcluir
  6. Amiga, já vi várias vezes vc falando sobre esse assunto. O que é muito bom, pq antes de vc contar, eu não sabia que existia relactação, se soubesse teria feito muita diferença na minha vida!

    Ainda não entendi como a sonda funciona, se tiver um post falando sobre isso, me manda o link?!

    Beijão
    As imagens valem mais que mil palavras. Amor total!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Parabéns pela sua determinação e insistência!! Eu também não tive muita informação com minha primeira filha e ouvia que ela estava com fome, resultado: não amamentei nem dois meses. Foi muito triste, porque eu queria muito amamentar, mas não sabia o que fazer.
    Na segunda gravidez, conheci a comu do orkut Grupo Virtual de Amamentação. Minha filha já está com 2 anos e 5 meses e também ama dormir no peito!! É uma felicidade sem igual!
    Me arrependo dos erros que cometi também, mas não tive quem me ensinasse o certo.
    Mais uma vez, Parabéns e boa amamentação em 2013 pra você e seu bebê!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Parabéns por não desistir de amamentar! Tenho visto tantas mães que simplesmente partem pra mamadeira sem tentar dar o peito...parabéns! e mantenha esse vínculo enquanto for possível, é bom demais!

    tati
    maedoerich.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia este método, vou pesquisar mais só pela curiosidade :)

    ResponderExcluir

© Odisséia Materna / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design
Tecnologia do Blogger.