HOME SOBRE CONTATO ANUNCIE

Coluna: De Mulher para Mulher–Salua Calixto

5.3.13

 

Banner-Coluna-De-mulher-pra-mulher_t

Mais uma semana passou voando e já temos uma nova participação na nossa coluna semanal:

Vamos aos números, eles nos perseguem não é?
Tenho 34 anos, falar da idade deixou de ser um tabu para mim. Hoje assumo, corajosamente e em público, o que geralmente resulta  em "Nossa, achei que você fosse mais nova!". Adoro esse parte e, por enquanto, vou aproveitar isso, já que o tempo passa para todos.
Casada a 16 anos, pretendo viver até os 120 anos! Tenho um filhote lindo e maravilhoso de 2 anos e um marido igualmente lindo e maravilhoso, a quem amo mais que tudo nessa vida, vivo para eles.
Aos 34 anos, começo a fazer um balanço da minha vida, pesar o que realmente deve ser pesado e medido...impossível chegar a essa idade e não se confrontar com a dura realidade, de que estou envelhecendo!
Acho que ainda tenho chão pela frente, já que minha meta é viver até os 120 anos, ainda terei tempo para fazer um cruzeiro, isso se eu aprender a nadar antes né. Visitar o Taj Mahal. Fazer compras em Paris, ou apenas visitar a Torre Eiffel...  Fazer uma viagem de lua de mel para o Egito ... quem sabe, quem sabe.
Não me arrependo de nada do que fiz, só do que deixei de fazer.
Comecei 4 cursos superiores, não terminei nenhum, dessa parte não me orgulho. Engravidei no segundo ano do meu curso de Direito, me encontrei, finalmente. Entretanto, devido às complicações da minha gravidez, tive que trancar o curso. Pretendo voltar, quando meu filho estiver maior, pois achei meu rumo.
Hoje tento me adaptar à nova vida, de mãe, dona de casa e, recentemente microempresária. Sim, pois apesar de me sentir realizada como mãe, preciso de uma atividade que me ligue ao mundo exterior, de alguma forma e que me realize como mulher.
A maternidade não supre todas as nossas necessidades, sinto-me muito feliz em ser mãe, mas a mulher precisa sair! Precisa ter uma atividade que não envolva só fraldas e pomadas para assaduras.
Não quero trabalhar fora, não quero colocar meu filho em creche, não quero perder os momentos raros e tão passageiros dele. Resolvi buscar algo que eu pudesse fazer em casa, um Home Office. Me lancei, com financiamento do "Banco Marido Oscar", no ramo de importados e graças a Deus está indo muito bem. Hoje tenho uma loja virtual, com apenas 2 meses, recém nascida!
Moda Mãe e Filho, ainda só no facebook, mas
pretendo ter uma loja virtual mais completa e se Deus quiser uma loja física
Tenho muitas metas, muitos sonhos, muitos desejos ... não sei se conseguirei alcançar todos, mas vou tentando. Sou otimista por natureza e não me deixo abater facilmente.
Gosto do que faço, quero mais e não pretendo parar por aqui, o mundo é meu, vou pegá-lo em minhas mãos ...

 

 

Muito obrigada pela participação Salua. Parabéns pela loja é muito fofa (to devendo parceria). Você vai amar a Torre Eifel, ela é mais linda do que posso explicar, eu dei um beijo nela!!! Te desejo muito sucesso.

E ai curtiram? Venham participar, esta coluna é pra todas as mulheres. Quem quiser, manda um email para mim (marcisiane@gmail.com).

Até terça que vem.

2

17 comentários:

  1. ola te escoli para responder uma tag de uma olhada no meu blog

    http://diariodoenzogabriel.blogspot.com.br/2013/03/respondendo-tag.html

    ResponderExcluir
  2. oláaa me segue também?

    http://umpoucodeviviane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que legal, Salua. Penso bem assim também, conciliar as coisas e não abrir mão delas! Bjus Andrea e Lara coisas-da-lara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Andrea, não quero abri mão de nada, esperei só 14 anos para ter esse filho, quero mais é aproveitar cada minuto!!

      Obrigada, beijos

      Excluir
  4. Que legal esse espaço! pode ter certeza que vc consegue sim!!

    Bjinhos

    tem sorteio no meu blog

    http://mamaenathan.blogspot.com.br/2013/02/1-sorteio.html

    ResponderExcluir
  5. Parabens pela loja Salua, muito sucesso sempre!

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Ah! q maravilha ver minha querida Salua por aqui.
    Sou da sua idade e tb não tenho vergonha de dizer, escolhi casar mais tarde e por consequência tive o Joseph aos 33 anos.
    Não pude parar de trabalhar, mas o horário ficou mais flexível. Quando nos tornamos mãe mudamos, recomeçamos nossas vidas e com eles surgem os desafios. Parabéns pela loja, já sou cliente e espero acompanhar o crescimento de mais este filho teu, bjss
    http://cphilene.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, sempre tão querida comigo, origada pelo carinho amiga, beijão

      Excluir
  7. Adorei conhecer mais sobre a querida Salua... Com certeza tendo força de vontade podemos chegar onde Deus nos mandar... Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  8. Passando rapidinho pra ler o post de hoje e deixar um carinho aqui no seu blog...
    Boa semana!
    Beijos!

    www.asosmamaenadia.com

    ResponderExcluir
  9. Roberta, muito obrigada pelo convite, adorei poder falar um pouco de mim, não da mãe, mas de mim como mulher.

    Mil beijos linda

    ResponderExcluir
  10. MENINA...EU ESTOU PRESTES A FAZER 34 ANOS E NUNCA TIVE VERGONHA DE DIZER.
    SABE QUE ME SENTI BEM MAIS SEGURA E CONFIANTE EM MIM DEPOIS DOS 30??
    EU COMO PENSO COMO VC EM RELAÇÃO A SUPRIR OUTRAS NESCESSIDADES COMO MULHER E ESTOU EM BUSCA DE ALGO QUE POSSA FAZER JÁ QUE TBM PAREI DE TRABALAR FORA POR CONTA DA CHEGADA DO MEU BABY. PARABÉNS PELA SUA LOJA E SUCESSO.

    http://minhavidaintensa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Odisséia Materna / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design
Tecnologia do Blogger.