HOME SOBRE CONTATO ANUNCIE

E começavam as tentativas...

30.9.16

E chegou aquele momento que deu vontade de ter uma filha, finalmente aos 31 anos me senti pronta para ser mãe.
Começamos a tentar então. Inclusive li quais as posições poderiam gerar uma menina.
Bobo né? Mas no meu coração sempre quis uma menina, talvez para amá-la como nunca sentir minha mãe me amar.
E por mais de um ano e meio tentamos, e a cada negativa a frustração, a tristeza de pensar que o prazo tinha passado e que não teria essa benção.
Ouvi da minha mãe que Deus me castigava por não ser casada na igreja e que nunca seria mãe.
Eu penso diferente dela quanto a esses assuntos, então nem discuti.
Parecia que todas estavam grávidas menos eu, eu via bebês em todo lugar. 
Ficava nas neuras de pensar se minha mãe estava certa, mas não queria casar por este motivo apenas.
Por um tempo parei de pensar no assunto, troquei de emprego, fui para um mais longe, mas que pagava melhor.
Do nada comecei a sentir cólicas horríveis e achei que devia estar morrendo, com uma doença, sei lá... Sempre fui exagerada.
Fazia poucos dias que tinha passado no contrato e descobri que não era uma doença e sim que estava grávida.
Ainda lembro da sensação da confirmação...


Beijinhos e bom final de semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Odisséia Materna / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design
Tecnologia do Blogger.